Quem lê Crepúsculo se identifica com vampiros… No shit?

Da série “e alguém gastou dinheiro com uma pesquisa dessas?”

Um estudo publicado na Psychological Science (chamado de “Psicologia de Trouxas” em referência ao universo de Hogwarts) mostral que os leitores de Crepúsculo ou de Harry Potter tem tendência a se identificar com elementos de suas respectivas séries favoritas. Ou seja, fãs de Crepúsculo respondiam perguntas com elementos vampíricos (sangue, dentes afiados) e os de Harry Potter com elementos de bruxaria (magia, poderes especiais).

Interessante não? #not

Além de isso não significar porra nenhuma que qualquer psicólogo já deve saber de antemão, eu me pergunto a real influência de referências vampíricas justamente em Crepúsculo… Que, todo mundo sabe, é sobre elfos! Sabe, aqueles seres mágicos que vivem eternamente e não envelhecem, de pele pálida e tão pálida que reluz ao sol, e ficam se alimentando de matinho em Valfenda? Pois é… Por que fãs de Crepúsculo pensam em sangue, quando nem o tal do Edward se alimenta disso, eu não sei… Que tal estudar isso, Psychological Science?

Dica para psicólogos de todo o planeta: vampiro é isso aqui.

Por que até um filme sueco sabe que vampiros não jogam baseball.

Esse post foi publicado em Comentários e marcado , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Quem lê Crepúsculo se identifica com vampiros… No shit?

  1. Dafne disse:

    Se formos começar a filosofar sobre o que é realmente um vampiro vamos discutir horas… pois tem vampiro de tudo quanto é jeito, cada criador inventa uma regra e como o tal vampiro é, se morre com estaca, com sol, com alho…
    Para mim, o melhor jeito de classificar um vamp é pelo RPG! Lá tem regras claras sobre como matar, como cada clã funciona, o poder de cada clã… é fantastico e muito legal! Procure o Livro dos Vampiros, http://en.wikipedia.org/wiki/Vampire:_The_Masquerade.
    Beijos

    Curtir

    • Vampiros são seres mitológicos, vem da cultura popular lá do tempo da vovózinha do DaVinci. =P Quem inventou não sei, mas a referência mais famosa é o Drácula do Bram Stoker – que segue os arquétipos do mito direitinho. Nada impede as pessoas de reinterpretarem mitos como quiserem (não é crime, hehe), mas se eu chego e invento um saci com três pernas, é meio idiota, né?

      Curtir

Comente aqui...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s