“Super Mario Kart” está completando 20 anos!

O maior ícone dos videogames, Super Mario não é apenas o herói de uma famosa série de jogos de plataforma. Já faz bastante tempo que o simpático encanador tem se colocado a serviço de outras atividades, seja jogando tênis ou virando um pedaço de papel em um mundo de RPG. Mas a mais famosa atividade secundária de Mario, que pode muito ser considerada tão famosa e popular quanto sua tarefa original, é a de dirigir karts! E isso começou em 27 de Agosto de 1992 no Japão, com o lançamento de “Super Mario Kart”.

Usando o recurso Mode 7 como no primeiro “F-Zero” (de 1990), o jogo não só era eficaz em emular a sensação de velocidade como ainda tinha todas as maluquices do universo “Super Mario Bros.”, com seus personagens carismáticos, cenários coloridos e itens absurdos. Um jogo de corrida onde você deixa uma casca de banana para um rival escorregar? Hoje em dia isso é um tremendo clichê, mas isso se dá graças ao sucesso não só deste primeiro jogo, como da continuidade da série que dura até hoje. A Nintendo nunca mais lançou um videogame sem um Mario Kart na sua linha de títulos, que sempre ajudaram fundamentalmente no sucesso de seus sistemas. Este artigo irá fazer uma história dessas duas décadas, relembrando a série de corrida mais popular de todos os tempos.

O primeiro “Super Mario Kart” saiu no final de Agosto no Japão e em Setembro no resto do mundo. Seu sucesso foi na base do boca-a-boca e levou o jogo à venda de mais de 8 milhões de unidades mundialmente. Seu principal mérito veio nas partidas multiplayer, onde muitos (como eu) passaram tardes na casa de amigos competindo no modo Grand Prix ou no inesquecível modo Battle, aquele dos balões, símbolo da franquia até hoje.

“Mario Kart 64” foi lançado em 1996 para o Nintendo 64 e evoluiu todos os aspectos de seu antecessor, principalmente por ter de fato um visual tridimensional. Os personagens ainda eram figuras 2D, o que dava um aspecto estranho (hoje em dia principalmente), mas eram funcionais e bem animados. E ainda com a possibilidade de quatro jogadores ao mesmo tempo, o modo multiplayer ficou ainda mais divertido! Outra grande qualidade: a trilha sonora, que era brilhante! Ah, e não posso esquecer do infâme casco azul (meme de internet hoje em dia), que fez sua estréia aqui. Mesmo com este item maldito, o jogo chegou a vender quase 10 milhões de unidades.

O primeiro Mario Kart portátil, “Mario Kart: Super Circuit” saiu para o Game Boy Advance em 2001. O jogo tinha o mesmo estilo gráfico do primeiro, só que era ainda mais colorido e belo. Graças ao cabo que conectava diversos GBAs, “Super Circuit” não perdeu o principal chamariz da franquia: o multiplayer. O modo para quatro jogadores era limitado, infelizmente. O jogo vendeu 6 milhões de unidades mundialmente e é o menos bem sucedido da série, mas isso serve apenas para medir o padrão de vendas alcançadas pela franquia. Em outros casos, esse é um número espetacular!

Muito criticado à época de seu lançamento, “Mario Kart: Double Dash!!” saiu em 2003 para o GameCube. Seu principal diferencial era o de ter dois personagens por karts, que permitia ao jogador ter dois itens e poder trocá-los, e ainda lhe dava – pela primeira vez na série – a escolha de veículos. Sendo este, portanto, o primeiro Mario Kart que não exigia a você pilotar karts. O jogo vendeu 7 milhões de unidades mundialmente, o que corresponde a 1/3 da base instalada do GameCube!

Em 2005 foi a vez do Nintendo DS receber “Mario Kart DS”. O jogo tinha gráficos tridimensionais melhores que o “Mario Kart 64” (com personagens em 3D) e tinha um estilo parecido com o “Super Mario Kart”, com a tela inferior do DS servindo de mapa. Foi absurdamente popular no mais bem sucedido sistema da Nintendo – e muito responsável por isso também! – vendendo estonteantes 22 milhões de unidades. Também foi o primeiro jogo da série a ter partidas multiplayer online, que apenas serviu para consolidar o apelo mundial da franquia. Além disso, o jogo contava com mapas de episódios anteriores, já ressaltando a história que estava se criando em torno destes jogos que já haviam deixado de ser “spin off” do Super Mario.

Com o Nintendo Wii foi a vez de (claro) “Mario Kart Wii”, lançado em 2008. Além de mantêr a opção de escolher veículos como em “Double Dash!!” e o modo multiplayer online de “Mario Kart DS” – muito mais arrojado, inclusive – o jogo também adicionou motos como uma das opções de veículos. Muitos olharam para isso com desdém, afinal é Mario Kart e não Mario Bike, mas a opção agradou. Além de uma enorme variedade de pistas e até mesmos torneios incluindo apenas pistas antigas, o jogo vinha com a maior lista de personagens Super Mario até então. Tinha até versão bebê da Peach! Uma fofura… Com vendas superiores a 30 milhões de unidades, este é de longe o jogo mais popular da série. E inclusive um dos maiores sucessos de todos os tempos na história dos videogames!

Preguiçosamente chamado de “Mario Kart 7” e lançado para o Nintendo 3DS em 2011, o último jogo da série já conseguiu vender 6 milhões de unidades em apenas um ano! O jogo é basicamente uma repetição do que funcionou em “Mario Kart Wii”, menos as motos, e com uma maior customização dos karts. E agora as pistas também incluem momentos onde o kart plana em uma asa-delta ou dirige embaixo d’água.

No total a série já vendeu quase 90 milhões de jogos em apenas sete jogos! Quem aí quer apostar que ainda teremos mais vinte anos para comemorar de “Super Mario Kart”?

Anúncios
Esse post foi publicado em A Link to the Past, Videogames e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Comente aqui...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s