Os dez anos do lançamento de “The Legend of Zelda: The Wind Waker”

Exatamente dez anos atrás era lançado, no Japão, “The Legend of Zelda: The Wind Waker”, primeiro jogo da cultuada franquia da Nintendo para a então nova geração de videogames. O jogo foi um marco na indústria, pela grande mudança que trouxe no visual da série. Mesmo que os episódios anteriores tivessem uma identidade própria, havia um padrão na estética de Hyrule e seus habitantes famosos em “A Link to the Past”, “Ocarina of Time” e “Majora’s Mask”. Com “The Wind Waker” isso mudou drasticamente, de um visual realista e sério para um estilo infantil e cartunizado. O primeiro trailer (veja abaixo) causou reações exageradas de repúdio.

Mas cá estamos, dez anos depois, celebrando este que não é apenas um dos melhores da saga Zelda, como também um dos lembrados com mais admiração por seu estilo especial e que pode ser considerado um dos videogames mais importantes já feitos, ao mostrar que até as mais tradicionais franquias são capazes de se reinventar dramaticamente – e com resultados para lá de positivos!

windwaker10

(clique para ampliar)

“The Legend of Zelda: The Wind Waker” só chegou ao ocidente meses depois e, no total global, vendeu aproximadamente 5 milhões de unidades e recebeu grandes elogios da crítica. Ele tem seus defeitos, como o fato de parecer inacabado por não conter muitas dungeons e um ato final anticlimático envolvendo coleta de pedaços da Triforce espalhados pelo oceano. Mas foi um jogo como nenhum outro! Explorar o imenso oceano que cobria Hyrule foi uma experiência incrível, sempre com você descobrindo uma nova ilhota com algum segredo. E o que dizer do nosso herói Link e sua companheira Tetra? Com seus olhos enormes os dois exibiam mais expressividade do que todo o elenco de “Malhação” somado! A aposta em um visual diferente por parte da Nintendo deu um resultado especial.

Abaixo coloco uma exibição do conserto de aniversário da série Zelda mostrando um medley com as principais trilhas deste jogo. Se para você, como eu, esses dez anos atrás lhe dão saudades, ouvir uma faixa dessas pode matar um pouco dela. Se não der jeito, é só ligar seu GameCube novamente e aventurar-se pelo Grande Oceano outra vez! Passaram-se dez anos, mas “The Legend of Zelda: The Wind Waker” continua incrivelmente atual.

Anúncios
Esse post foi publicado em Nerd Alert! e marcado , , , . Guardar link permanente.

Comente aqui...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s